Skip to content

Saul: Deus não Ignora a Sua Vontade

April 5, 2011
Mensagem de Saul
por John Smallman
em 03 de abril de 2011

Enquanto a humanidade aguarda esperançosamente pelo grande evento de seu despertar e pela dissolução da ilusão, na qual ela se esconde e se mascara há tanto tempo, o Amor de Deus os está envolvendo com força e intensidade crescentes, e o esplendor, a paz e a compaixão dele se tornam irresistíveis para vocês.

Assim que vocês se permitirem vivenciar o Amor que os envolve constante e eternamente, todas as suas dúvidas e ansiedades se dissolverão como também se dissolverá o seu medo de despertar na brilhante Luz da divina Realidade.

Vocês têm esperado e pedido há éons por este retorno à Realidade, o seu despertar desse pesadelo traumático, e seus pedidos e sua esperança sempre são ouvidos e respondidos imediatamente, assim que vocês os emitem.

A razão de não parecer ser assim é o seu pavor de que Deus seja um Pai muito severo que jamais poderá perdoá-los por todos os pecados terríveis que vocês pensam que cometem.

Para vocês a ilusão parece totalmente real, outro local que não o Paraíso de Deus, onde pecados execráveis de uma natureza pavorosa sempre estão sendo cometidos e desafiam a Vontade d’Ele.

Como seria possível que vocês fossem perdoados por este constante comportamento inaceitável?


Obviamente vocês não poderiam ser perdoados, e assim vocês estariam condenados a experimentar dor e sofrimento sem alívio pelo futuro previsível que se estende interminavelmente pela sua frente.

O intenso conflito que vocês mantêm dentro de si entre sua esperança pelo Amor de Deus e um retorno à Sua Presença para desfrutar sua vida eterna e sua crença na sua indescritível propensão para o pecado tornou praticamente impossível vocês considerarem uma aproximação d’Ele para buscar esse Amor que vocês tão desesperadamente precisam e desejam.

Mas só existe Deus e Seu Amor por vocês. Todo o resto é ilusório, criado por vocês no seu medo, mas que sempre desmorona, se esmigalha apesar de seus mais vigorosos esforços para que seja mantido e que volta para o nada de onde vocês o criaram.

Agora a velocidade de decadência excede à sua habilidade de reconstrução, e isto está se adicionando ao seu estado de ansiedade praticamente constante.

Porém, a contínua dissolução da ilusão está lhes dando breves vislumbres, através das aberturas que surgem quando a poeira da dissolução é rapidamente agitada pelo vento, das maravilhas que os aguardam quando a dissolução estiver completa.

Entretanto, muitos de vocês ainda estão tentando consertar e reconstruir, mas o medo que os encoraja a esta atividade está enfraquecendo rapidamente.

Deus não ignora a sua vontade, então cabe a vocês pararem com suas operações de reconstrução e apoio em seus esforços inúteis para manter a ilusão. O tempo dela já passou, e tudo ao seu redor sinaliza que assim é.

Seu medo coletivo está se dissipando, e vocês estão começando a reconhecer com alegria e surpresa a imagem de Deus no outro.

Seu despertar está divinamente garantido, e vocês finalmente estão começando a ficar cientes disto.

A inevitabilidade deste maravilhoso evento está se tornando aparente para a maioria de vocês e está intensificando o ritmo em que sua crença e apoio à realidade se dissolvem.

Parece que vocês estão realizando uma jornada longa, árdua e sem fim através de uma terra estéril cheia de desespero, miséria e sofrimento.

Agora essa jornada imaginária, porém extremamente convincente, está chegando ao fim já que vocês tomaram a decisão coletiva de despertar na gloriosa Luz da Realidade, seu eterno Lar que, na verdade, vocês nunca deixaram.

Vocês terão uma alegria ilimitada ao abrirem seus olhos e verem todas as maravilhas que são os presentes eternos e indestrutíveis que Deus lhes deu, guardados para vocês desde o momento que vocês sonharam com a separação e fecharam seus olhos para o Paraíso, e que serão revelados novamente para vocês em toda a sua glória divina quando vocês escolherem deixarem a ilusão.

Regozijem-se!

Este momento está se aproximando.

Com muito amor, Saul.

Tradução: SINTESE
No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: