Skip to content

Mãe Maria: Sofri como todas as Mães

June 8, 2011

Filhos amados, eis que me encontro entre vós, como se na matéria convosco estivesse.
Na Terra estive para receber em meu ventre o Filho Adorado, sem conhecer-Lhe o potencial angélico, sem lembrar-me de toda a programação pré estabelecida antes do meu encarne.
Sofri, como todas as mães de hoje sofrem, a perda de um filho inocente. Lágrimas verti inconformada, mas, com a consciência intacta, por saber que cumpri meus deveres de mãe zelosa, procurando atender todas as necessidades materiais do ‘grupo reunido’ pelos laços consangüíneos.

Sempre ardorosa em minha fé, procurei agir de conformidade com as Leis da época, amando a Deus sobre todas as coisas e fazendo ao próximo, aquilo que dentro de minhas parcas possibilidades, podia fazer.

Passado o tempo, também abandonei a Terra como é natural para todas as criaturas que encontram-se no plano físico. No plano espiritual onde me encontro, sigo trabalhando, agora conhecendo toda a história do Adorado Jesus e com Ele compartilhando o desejo de auxiliar a humanidade terrena.
Pouco conheceis das tarefas realizadas no plano invisível, por todos os irmãos que despertaram a consciência e possuem condições elevadas de auxiliar em nome de Jesus. O que conheceis é uma pequena realidade, de tudo que ocorre sob o véu invisível.
Outrora, me manifestei para três crianças e na forma como poderiam reconhecer-me como a mãe de Jesus. A elas, numa linguagem que pudessem assimilar e reter em suas memórias física e espiritual, relatei o Plano Divino para esta humanidade.
Avançando um pouco, revelei-lhes que muitos são os Seres Evoluídos no Reino de Deus que procuram auxiliar os pequeninos, como os irmãos terrenos, a transporem a fase do sofrimento para alcançarem a renovação.
Disse-lhes que Seres Evoluídos vindos em Naves Espaciais, chegariam no momento de grandes distúrbios planetários, para auxiliar as criaturas da Terra a suplantarem os momentos dramáticos do Juízo Final.
Revelei-lhes que a vida pulsa no Interior da Terra, e que o plano físico é apenas transitória passagem das almas para evoluírem; que num mesmo Planeta habitam almas de várias graduações evolutivas, e que dentro da Terra, muitas criaturas vivem, de graus variados de evolução, os mais elevados aos mais primitivos. Que todos nós somos uma grande Família Universal, filhos de um único Pai Criador Incriado.
As almas infantis aceitaram minhas palavras naturalmente; compreenderam, dentro dos seus infantis conhecimentos, e transmitiram fielmente aquilo que eu disse.
Infelizmente, a criatura humana desprovida do conhecimento e dos sentimentos elevados, traindo a si mesma e a uma programação estabelecida para a humanidade, deturparam minhas palavras e transformaram-nas em ‘mistérios opressores’, para subjugar e seduzir as massas humanas.
Revelei que o mundo transitório da Terra passará por intenso caos, quando o Juízo Final se manifestar, e que conhecendo as realidades futuras, há muito anunciadas por Profetas, que a história vos contam, os condutores humanos pudessem alertar os seus filhos e estes aos filhos do futuro, para que hoje meus irmãos, que as transformações galopantes da Terra sufocada pelas agressões humanas, reage para mudar a sua dimensão, essa humanidade pudesse transformar-se também.
Como outrora, permanecem ignorantes e iludidos, massacrando o irmão de humanidade, deturpando o Evangelho do Cristo, distribuindo violência, guerras, horrores.
Venho até vós, filhos Meus, suplicar em nome de Deus, que cada um faça seu próprio esforço, para reter as Lições de Amor do Divino Mestre e atendam ao chamado da transformação da Lei do Progresso.
Atenuar as faltas que cometestes somente através do enfrentamento das duras provas do Apocalipse, que manifesta-se neste momento sobre a Terra.
Amai e perdoai ao irmão que convosco trilha a jornada terrena.
Espargis esperanças de um Novo Mundo.
Não julgueis as faltas alheias com tanta severidade, mas, esclareceis a todos que há a oportunidade para a transformação. Aqueles que permanecerem no erro, responderão por suas ações, que vão de encontro às Leis Divinas, antagônicas ao Bem, e já estão sendo enviados para outros Orbes, distribuídos pelo Universo, para seguirem em novas oportunidades de transformação.
Fazei, cada um, o esforço de manterem-se à direita do Cristo.
Amai, perdoai a todos.
Eis o que venho trazer-vos nesta linda tarde.
Reconhecei, cada um, os próprios erros, procurando transformá-los em virtudes.
Amparai e orientai vossos filhos, para que enxerguem os desequilíbrios e as deformações morais que assolam a Terra. Acendam em seus corações a Chama da Verdade, para que possam escolher o caminho do Progresso.
As deformações da alma, transformadas em banquete material nas ações humanas, devastam a Terra como um vendaval destruidor. Mas, que sejais vós, cada um aqui presente, irmãos Meus, daqueles a combater a loucura através da prática do amor e da caridade.
Amai, perdoai, trabalhai em nome do Divino Mestre Jesus. Ele, que a todos nós conduz amorosamente.
Deixo-vos na Presença d’Ele, que é Caminho, Verdade e Vida.
Maria de Nazareth
Mãe de Jesus
GESJ – 07/05/2011– Psicofonia – Reunião de Diretoria – Vitória, ES – Brasil
Fonte: http://minhamestria.blogspot.com
No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: