Skip to content

Extratos do Livro Mistérios Desvelados de Saint Germain

July 7, 2011
Não está muito distante o dia em que aparelhos serão construídos para mostrar a emanação da ‘Luz’ em volta de cada indivíduo, visível ao olho físico de quem quer que deseje vê-la. Tais aparelhos mostrarão, também, a contaminação ou descoloração que se torna em nuvem em torno da ‘Luz’ de Deus —gerada pelo eu-pessoal através de pensamentos e sentimentos discordantes. Esta — e somente esta— é a maneira pela qual a energia da Grande Corrente de Vida é mal empregada e erradamente qualificada.

Estes tempos então chegaram, veja no site Mestres Ascensos: O que é Kirliangrafia ou Bioeletrografia?

Controle de Si Mesmo
  1. “O primeiro passo para o controle de si mesmo é a quietação de toda atividade externa, tanto da mente como do corpo. Quinze a trinta minutos, à noite antes de dormir e pela manhã antes de começar o trabalho diário, de prática do exercício que se segue, causará prodígios em quem quer que o faça com o necessário empenho. 
  2. “O segundo passo consiste em certificar-vos de que não sereis perturbados, e depois de vos tornardes perfeitamente tranqüilos, imaginai e senti vosso corpo envolvido em uma resplandecente Luz Branca. Durante os primeiros cinco minutos de concentração nesse quadro, reconhecei e senti intensamente a ligação do eu exterior e Vosso Poderoso Deus Interior, focalizando a atenção no centro do coração, visualizando-o como um Sol Dourado. 
  3. “O passo seguinte é o reconhecimento: ‘ Eu agora aceito alegremente a plenitude da Poderosa Presença de Deus – o Cristo Puro’. Senti o grande brilho da Luz e intensificai-A em cada célula de vosso corpo durante, no mínimo, dez minutos. 
  4. “Encerrai então a meditação pelo comando:” EU SOU UM FILHO DA LUZ – EU AMO A LUZ – EU SIRVO A LUZ – EU VIVO NA LUZ – EU SOU PROTEGIDO, ILUMINADO, SUPRIDO, SUSTENTADO PELA LUZ E EU ABENÇÔO A LUZ “. 
01 – A ETERNA LEI DA VIDA

(do livro: Mistérios Desvelados pág 4)

“A Eterna Lei de Vida é: «O que pensas e sentes, isso trazes à forma; ali onde está teu pensamento, ali estás tu, porque tu és uma consciência; e aquilo sobre o qual meditas, nisso te converterás».
“Quando permites que tua mente abrigue pensamentos de ódio, condenação, luxúria, inveja, ciúmes, crítica, medo, dúvida ou suspicácia, e permites que estes sentimentos de irritação sejam gerados em ti, com toda segurança terás discórdia, fracasso e desastre em tua mente, corpo e mundo. Contanto que persistas em permitir que tua atenção repouse sobre tais pensamentos – trate-se de nações, pessoas, lugares, condições ou coisas – estarás absorvendo tais atividades na substância de tua mente, teu corpo e teus assuntos. E mais, estarás obrigando-as – forçando-as – a entrar em tua experiência.

“Todas estas atividades discordantes chegam ao indivíduo e seu mundo através de seu pensamento e sentimento. Freqüentemente o sentimento dispara antes de que o indivíduo esteja consciente do pensamento na consciência EXTERNA, a qual poderia ser utilizada para controlá-lo; e este tipo de experiência deveria ensinar ao indivíduo quão grande é a energia contida em suas múltiplas criações que se acumularam por conta dos hábitos.
“A atividade emocional da Vida é o ponto mais desprotegido da consciência humana. É a energia acumulada mediante a qual os pensamentos são impulsionados ao interior da substância atômica, e é assim que os pensamentos se convertem em coisas. Deixe-me dizer-te que não se pode dar demasiado ênfase sobre a necessidade de VIGIAR OS SENTIMENTOS, já que o controle das emoções exerce o papel mais importante de todos na Vida, para manter o equilíbrio da mente, a saúde do corpo, e o êxito nos assuntos e mundo da personalidade de todo indivíduo. OS PENSAMENTOS NUNCA SE TRANSFORMAM EM COISAS ATÉ QUE SEJAM REVESTIDOS COM SENTIMENTOS.”

“O Amor e o louvor ao Grande Ser Interno e a atenção enfocada e sustentada sobre a Verdade, Saúde, Libertação, Paz, Suprimento ou qualquer outra coisa que possa desejar para um uso correto, e que seja persistentemente sustentada em seu pensamento consciente e sentimento, a trará para seu uso e para seu mundo de maneira tão segura quanto há uma Grande Lei de Atração Magnética no Universo.”

02 – TEMPLOS DE DEUS
(do livro: Mistérios Desvelados pág 3)

“É muito importante que te dês conta de que a intenção de Deus para cada um de Seus Filhos é a abundância de toda coisa boa e perfeita. Ele criou a Perfeição e dotou a Seus filhos com exatamente o mesmo poder. Eles também podem criar e manter a Perfeição, e expressar o Domínio de Deus sobre a Terra e tudo o que nela há. A humanidade foi originalmente criada a Imagem e Semelhança de Deus. A única razão pela qual todos não manifestam o Domínio é que não utilizam sua Autoridade Divina – o dote que todo indivíduo tem, e mediante a qual se supunha que governasse seu mundo. Sendo assim, os seres humanos não obedecem a Lei do Amor quanto a derramar paz e bênçãos a toda a criação.
“Isto se produz pelo fracasso dos homens em aceitar-se e reconhecer-se a si mesmos como Templos do Mais Alto Deus Vivente, e por não sustentar este reconhecimento eternamente…

03 – PENSAMENTOS E SENTIMENTOS DISCORDANTES

(Mistérios Desvelados pág 6)

“Dar expressão a pensamentos e sentimentos discordantes em si mesmo é o caminho de menor resistência, e é a atividade habitual do indivíduo subdesenvolvido, indisciplinado e recalcitrante que recusa entender a Lei de seu próprio Ser e levar o ser pessoal – que não é mais que seu instrumento de expressão – a obedecer esta Lei.
“Todo aquele que não possa (ou não queira) controlar seus pensamentos e sentimentos estará mal-arranjado, já que todas as portas de sua consciência estarão abertas de par em par às atividades desintegradoras emitidas pela mente e emoções de outras personalidades. Não se requer nenhuma força, sabedoria ou treinamento para emitir impulsos ofensivos ou destrutivos; e os seres humanos adultos que fazem isto não são mais que crianças em seu desenvolvimento do Autocontrole.
“O fato de que seja tão pouco o que – desde o berço até a tumba – se ensina à humanidade sobre o controle das emoções, representa uma verdadeira mácula sobre a Vida do gênero humano. A maior necessidade que há no mundo ocidental hoje em dia é dar ATENÇÃO a este ponto em particular. Resulta fácil ceder lugar a pensamentos discordantes, sentimentos e atividades, porque a massa da humanidade está inundada – por assim dizer – em um ambiente e associação criados em sua totalidade por ela mesma”.

04 – A REENCARNAÇÃO É UM FATO
(do livro: Mistérios Desvelados pág 11)

“Chegou o momento em que muitos seres humanos estão se despertando rapidamente, e têm-se que fazê-los entender de algum jeito que eles têm vivido, uma e outra vez, em centenas (e às vezes até milhares) de vidas, cada uma em um corpo físico novo.
“A Lei de Reencarnação é a atividade do crescimento humano que brinda ao indivíduo a oportunidade de restabelecer o equilíbrio em condições que ele mesmo causou, conscientemente, que se desequilibrassem. Não é mais que uma das atividades da Lei de Compensação – Causa e Efeito – ou o que poderia denominar-se ‘um processo equilibrador automático que governa todas as forças em qualquer parte no Universo’. O entendimento correto desta Lei dá ao indivíduo a explicação de muitas condições na experiência humana que, do contrário, pareceriam por demais injustas. Esta Lei constitui a única explicação lógica para as infinitas complexidades e experiências da criação humana, e revela a operação e a Lei sobre a qual descansam todas as manifestações. Te faz saber que não existe aquilo que se conhece como ‘acaso’, ‘sorte’ ou ‘acidente’. Tudo está submetido à Lei perfeita, direta e exata. Toda experiência da consciência tem uma causa anterior, e tudo, ao mesmo instante, é a causa de um efeito futuro.
“Se um homem ferir a uma mulher em uma vida, seguramente que reencarnará em uma forma feminina e vivenciará uma experiência similar, até que ele se dê conta e experimente justamente a experiência que impôs a outra pessoa. O mesmo ocorre se uma mulher é injusta com um homem ou se lhe causa mal. Esta é a única maneira mediante a qual estas obrigado – ou melhor, te obrigas a ti mesmo – a experimentar tanto a causa como o efeito de tudo o que geras no mundo. Podes criar e experimentar tudo o que te apetece em teu próprio mundo; mas se escolhes fazer coisas que facão que outra pessoa experimente discórdia, então estarás obrigando-te a ti mesmo a passar por condições similares até que entendas o efeito que tua própria criação tem sobre o resto da Vida no universo.”
(do livro: Mistérios Desvelados pág 17)
“Só há uma maneira”, prosseguiu o Mestre, “de evitar a roda cósmica de causa e efeito – a necessidade de reencarnar – e é mediante o ESFORÇO CONSCIENTE POR COMPREENDER A LEI DA VIDA. Tens que procurar diligentemente o Deus Interno, estabelecer um contato permanente e consciente com esse Ser Interno, e te aferrar firmemente a Ele; frente a qualquer condição na vida externa.”

05 – TRANSE E HIPNOSE
(do livro; Mistérios Desvelados pág 21)

“Não há Mestria Consciente nem Domínio nas práticas hipnóticas ou de transe, e são por demais perigosas e destrutivas para o crescimento da alma da pessoa que permite tal prática. Por favor, entende cabalmente que o Controle Consciente, a Mestria e o uso das forças e coisas terrenas devem estar em todo momento sob a direção de teu Ser Interno ou Divino, através da cooperação perfeita e obediência de TODAS as tuas faculdades externas de mente e corpo, a esta Guia Interna.
“Sem isto é impossível alcançar a Mestria, e os seres conhecidos como Mestres Ascensionados NUNCA, MAS NUNCA, forçam atividade alguma sobre a prerrogativa Divina do livre-arbítrio do indivíduo.”

06 – MILAGRES NÃO EXISTEM
(do livro: Mistérios Desvelados pág 25)

“Quando se entende corretamente a realidade da vida, todas essas manifestações que parecem milagrosas a sua consciência atual resultam ser experiências tão naturais e normais, como é a formação de palavras para todo aquele que aprendeu o uso do alfabeto. Tudo é a ação de uma manifestação sempre-em¬-expansão, sempre-progressiva da Vida na forma, e isto ocorre em todo momento através de um processo ordenado da Lei, em paz e amor.
“Não importa quão estranha, insólita e impossível possa parecer uma experiência ao estado atual da mente da humanidade, isto não constitui prova alguma de que não existe uma Lei Maior e uma Inteligência Mais Sábia que atuam para produzir maiores maravilhas na criação que nos rodeia em todo momento.
“O conhecimento das grandes mentes da humanidade no mundo externo de hoje, é para esta Grande Sabedoria Interna e Poder, como o entendimento de um bebê o é para o estudo do cálculo integral ou diferencial.”

07 – DECRETO DE REI
(do livro : Mistérios Desvelados pág 31)

O Rei deu um sinal, e os convidados reunidos tomaram assento. Com uma voz majestosa e poderosa, desde o mais profundo de seu coração, verteu uma invocação ao “Infinito Supremo Uno”.
«Oh! Magna Fonte Onipresente, Tu que governas o Universo, Tu que és a Chama em cada coração humano! Te amamos, Te louvamos e Te damos nossa gratidão por Tua própria Vida, Luz e Amor em todas as coisas. Te adoramos e contemplamos somente a Ti, a “Presença” em todas as coisas – visíveis e invisíveis, evoluídas e não evoluídas – Tu incessante Corrente de Vida que derramas para sempre em toda criação, o Ser Uno em tudo.
«Meu coração pede com insistência a Ti como nunca antes, para que despertes este meu povo para o perigo em que se encontra, porque ultimamente a indiferença para Contigo os tem invadido como um hálito venenoso, produzindo um sono da alma e correndo um véu ante eles que os separa de Tua Esplendorosa Presença.
«Se eles têm que passar a experiência que consome e queima a escória e nuvens do ser externo, então Te peço que os sustentes e finalmente os leves a Tua Eterna Perfeição. Invoco a Ti, Criador do Universo – a Ti, Deus Supremo e Onipotente.»

08 – ATENÇÃO À FONTE DE TODA A VIDA
(do livro: Mistérios Desvelados pág 33)

“Vocês prestam muito pouca atenção e ainda menos adoração a sua Fonte – a Suprema, Magna, Esplendorosa, Majestosa e Infinita Causa de tudo o que existe – o Criador e Sustentador de todos os mundos. Vocês não dão nenhuma gratidão à Grande Presença Gloriosa, o Senhor do Amor, à própria Vida pela qual vocês existem.
“Oh! por que vocês não agradecem sequer as bênçãos que a Natureza derrama tão prodigamente para tornar possível a abundância que vocês recebem através desta bela terra, e deste sábio e altruísta governante? Vocês se agradecem mutuamente por favores recebidos – as coisas dos sentidos e da matéria que são tão efêmeras… que passam de um a outro e logo desaparecem. Mas, por que, Oh!, por quê vocês esquecem a FONTE de toda Vida, todo Amor, toda Inteligência, todo Poder?
“Gente! Oh gente! Onde está sua gratidão para com a Vida pelo Amor, pela magnificência da experiência que vocês desfrutam em todo momento, toda hora, todos os dias, ano após ano? Vocês poderão considerar isto como próprio, mas sempre pertenceu, pertence agora e sempre pertencerá à Grande Fonte Una da Vida, da Luz, do Amor e de Todo o Bem – DEUS o Supremo – o Adorável – O Onipenetrante.”

09 – VOTO A FAVOR DO CAOS
(do livro: Mistérios Desvelados pág 35)

“Quando se separam do Amor, o que os filhos da Terra fazem é escolher deliberada e conscientemente a experiência do caos. Quem quer que tente existir sem Amor não pode sobreviver por muito tempo em nenhuma parte da criação. Tais esforços só redundarão em fracasso, miséria e dissolução. Tudo aquilo que careça de Amor tem que retornar ao caos, ao amorfo, de maneira que a substância possa voltar a ser utilizada novamente em combinação com o Amor e, assim, produzir uma forma nova e perfeita.
“Esta Lei se aplica tanto à Vida Universal como a individual. É Imutável, Irrevogável, Eterna e, não obstante, Benévola, já que a criação da forma existe para que Deus tenha algo sobre o qual verter AMOR e assim, expressar-se em ação. Esta é a Lei da Magna Presença Una da qual todo o resto procede. É o Mandato da Eternidade, e a IMENSIDÃO e ESPLENDOR dessa Perfeição não se podem descrever com palavras.
“A não ser por estas condições de Vida e experiências atuais, reais, permanentes e perfeitas que transcendem toda descrição humana, a existência não seria mais que uma farsa da estupenda atividade da Vida que circula eternamente por toda a criação. Existem essas Esferas Superiores, harmoniosas e transcendentais, esferas de atividade e consciência – tanto Cósmicas como individuais – nas quais a criação se dá continuamente em Alegria, em Amor, em Liberdade e em Perfeição.”

10 – OS HÁBITOS
(do livro: Mistérios Desvelados pág 36)

“Vocês trazem sobre si mesmos a desgraça que os impulsiona a encarnar uma e outra vez na ignorância dos sentidos, dos apetites humanos e os desejos do ser externo. Estes apetites na natureza emocional da humanidade, por si mesmos, não são mais que uma acumulação de energia que o indivíduo, através de seus pensamentos e sentimentos, qualificou de uma maneira ou de outra. Esta energia mal qualificada adquire um momentum através da expressão humana e se converte em um hábito. Os hábitos não são mais que energia especificamente qualificada e mantida enfocada durante algum tempo sobre um objetivo em particular.

11 – A NECESSIDADE DE MAR
(do livro: Mistérios Desvelados pág 40)

“A Luz que vem da própria Chama Divina é o critério, o padrão de Perfeição mediante o qual devem medir-se todos os pensamentos e sentimentos que nos chegam através dos cinco sentidos. Ninguém pode manter seus pensamentos e sentimentos qualificados com Perfeição a menos que vá à Fonte da Perfeição; já que esta qualidade e atividade unicamente se encontram dentro da Chama Divina.
“Esta é a necessidade que tem o indivíduo de meditar na luz de Deus dentro de si mesmo e comungar com Ela. A Pura Essência de Vida não só te dará e sustentará a juventude Eterna e Beleza no corpo, como também te permitirá manter um PERFEITO EQUILÍBRIO entre teu Ser Divino e o ser externo ou pessoal. De fato, essa Pura Energia de Vida é o poder que o ser externo utiliza para sustentar sua conexão com sua Fonte Divina – o Ser Divino. Em realidade estes dois são Um, exceto quando o intelecto (ou atividade externa da mente, a consciência sensorial) aceita a imperfeição, a inarmonia, o incompleto, e pensa em si mesmo como uma criação à parte da Onipenetrante ‘Presença de Vida Una.’ Se a consciência sensorial se considera como algo separado de Deus – Perfeição – então esta condição se estabelecerá nela, já que tudo aquilo que a consciência sensorial traga para seu mundo, o mundo lhe devolverá.
“Quando permites que uma idéia de imperfeição ou separação de Deus ocupe tua atenção – e portanto, tua mente – uma condição correspondente a isto começará a expressar-se em teu corpo e mundo. Isto faz com que te sintas como uma entidade separada de tua Fonte. No momento em que te sintas separado de Deus, pensarás que tua Vida, Inteligência e Poder têm princípio e fim.
“A vida sempre foi, é e sempre será. Ninguém pode realmente destruir a Vida. Mediante diversas atividades nos mundos mental e físico, é possível desintegrar ou demolir temporariamente a forma, mas a consciência do indivíduo é Eterna e pode controlar todas as substâncias por toda parte em manifestações, quando se reconhece à Vida Divina interna como o Sabedor, o Doador e o Realizador de todo o bem na criação.”

12 – O DESEJO CORRETO É UM DECRETO
(do livro: Mistérios Desvelados pág 42)

“Freqüentemente o Estudante pergunta se é possível chegar a um ponto, estando ainda na Senda, no qual o indivíduo se eleva acima do uso das afirmações. Quando um indivíduo afirma (ou decreta) de maneira sincera, dá lugar a uma plena aceitação da Verdade daquilo que afirma; já que as afirmações não são mais que enfocar a atenção da mente externa de maneira tão sustentada sobre a Verdade, que o indivíduo a aceita em seus sentimentos – porque o sentimento é a própria Energia Divina descarregada que manifesta a Verdade afirmada.
“O uso contínuo das afirmações te levam a um ponto em que tens uma realização tão profunda da Verdade em tudo o que afirmas, que já não estás mais consciente disso como uma afirmação. Utiliza-se uma afirmação, um mantra ou uma oração porque se deseja que algo se manifeste. O DESEJO CORRETO É A FORMA MAIS PROFUNDA DE ORAÇÃO. Dai que, mediante o uso das afirmações, o Estudante eleva seu ser externo à plena aceitação de sua Verdade e gera o sentimento mediante o qual isto se converte em algo manifestado. Nesta profunda aceitação vem a manifestação, já que mediante a concentração, a palavra falada começa a causar uma atividade instantânea.”

13 – O JARDIM DO ÉDEN
(do livro: Mistérios Desvelados pág 56)

“Em eras passadas, a humanidade manifestava a Perfeição em todos os sentidos. Esta condição anterior da raça foi registrada pelos historiadores como o Jardim do Éden, Éden ou E-don, significando Sabedoria Divina. À medida que se permitiu que a atenção consciente ou atividade externa da mente se enfocasse sobre o mundo dos sentidos físicos, a Sabedoria Divina – a Atividade Onisapiente da consciência – se empanou ou se nublou, e o Plano Divino Cósmico da vida de todo indivíduo submergiu. Foram se ocultando tanto a perfeição como o controle consciente da humanidade sobre todas as formas – e a questão ficou relegada ao esquecimento.
“O homem se fez consciente dos sentidos em vez de consciente de Deus, de maneira que manifestou aquilo sobre o qual pôs sua atenção e sobre o que mais pensava. O homem deliberada e conscientemente deu as costas à Perfeição e Domínio com que o Pai o havia dotado desde o começo. Criou suas próprias experiências de carência, limitação e discórdia de toda classe. Identificou-se com a parte em vez de com o tudo e, é obvio, o resultado foi a imperfeição.
“Todas as limitações da humanidade são o resultado da má utilização do atributo Divino de livre-arbítrio por parte do homem. Ele se obriga a si mesmo a viver dentro de sua própria criação até que, pela volição direta da atividade externa de sua mente, o homem volta conscientemente para suas origens nobres – Deus, a Grande Fonte de Tudo. Quando isto ocorre, o homem começa a recordar Aquilo que ele uma vez foi e que pode voltar a ser toda vez que escolha olhar novamente para o Grande Plano Cósmico de Si Mesmo.”

14 – A VISUALIZAÇÃO EXPLICADA
(do livro: Mistérios Desvelados pág 66)

“A verdadeira visualização,” replicou, “é o Atributo e Poder de Visão de Deus que atua na mente do homem. Quando conscientemente projetas em tua mente algum desejo o qual queres que se realize, estás utilizando um dos meios mais poderosos de trazer este desejo à experiência tangível e visível. Há muita confusão e incerteza na mente de muitos, quanto ao que realmente ocorre quando se visualiza ou conforma uma imagem mental de algo que se deseja.
NENHUMA FORMA JAMAIS VEIO À EXISTÊNCIA, EM QUALQUER PARTE EM TODO O UNIVERSO, QUE NÃO TENHA SIDO PRIMEIRAMENTE SUSTENTADA EM PENSAMENTO POR ALGUÉM, pois todo pensamento contém uma imagem da idéia dentro de si. Até os pensamentos abstratos têm uma imagem de algum tipo, ou ao menos uma imagem do conceito que alguém tem a respeito disso.”
15 – ADORAR A DOIS SENHORES
(do livro: Mistérios Desvelados pág 69)
“Ninguém pode jamais chegar a conhecer a Deus enquanto examina uma força oposta a Ele, pois, onde quer que o indivíduo reconheça que duas forças podem atuar, a resultante que recebe é uma atividade neutralizante. Quando se produz a neutralização, não se obtém nenhuma qualidade em nenhum sentido. Simplesmente ficas com nada ou coisa alguma em tua manifestação. Quando reconheces Deus – O Uno – a única coisa que se manifesta instantaneamente é a Perfeição, pois não há nada se opondo ou que o neutralize – não há elemento de tempo. E desta maneira ela se estabelece em ti, pois não há nada nem ninguém que se oponha ao que Deus decreta.
“A situação do homem não poderá melhorar contanto que não deseje Perfeição e que deixe de reconhecer um poder oposto a Deus, ou que haja algo – quer seja em seu interior ou exterior – que possa evitar que se expresse a Perfeição de Deus. O mero reconhecimento, por parte do indivíduo, de uma condição inferior ao que Deus é, será sua escolha deliberada de uma imperfeição, e esse tipo de escolha é a queda do homem. Isto é deliberado e intencional, porque ele é livre em todo momento para pensar o que lhe apraz. Por certo, ter um pensamento ou imagem de Perfeição não requer mais energia do que abrigar um pensamento de imperfeição”.
16 – MESTRIA E DOMÍNIO CONSCIENTE
(do livro: Mistérios Desvelados pág 90)
“Quando Jesus disse: «Em verdade, em verdade lhes digo: aquele que em mim crer, as obras que eu faço, ele as fará também; e ainda maiores fará»(3), Ele sábia do que estava falando,” disse Saint Germain.
“Jesus veio para revelar o Domínio Consciente e Mestria que a todo ser humano é possível alcançar e expressar enquanto que ainda está encarnado aqui na Terra. Ele mostrou o Domínio do Mestre Ascensionado, e provou à humanidade que todos podem invocar este Eu Divino, a fim de conscientemente controlar todas as coisas humanas.
17 – PENSAMENTOS E SENTIMENTOS SÃO COISAS
(do livro: Mistérios Desvelados pág 92)
PRÁTICA IGNORANTE E LIMITANTE
“Em sua ignorância e limitação, a humanidade da Terra freqüentemente se permite julgar e expressar diversas opiniões sobre Jesus e muitos outros da Hoste Ascensionada. Esta prática é uma das atividades mais congestionantes que existe, já que ao envolver-se em tal atividade, a crítica e o julgamento que se enviam desta maneira, simplesmente retornam ao seu gerador; e assim, a humanidade se amarra mais apertadamente a seu sofrimento e limitações autocriadas. A atividade da Lei é que os Mestres Ascensionados, ao se haverem libertado a si mesmos de toda limitação humana, converteram-se em um Flamejante Derramamento de Luz, na qual não há pensamento humano de discórdia que possa possivelmente entrar. Isto torna obrigatório que toda criação destrutiva mental e emocional, tenha que retornar a quem a enviou, e lhe atar ainda mais às cadeias de sua própria criação.
“Se os seres humanos pudessem ver como seus próprios pensamentos, sentimentos e palavras saem para a atmosfera sobre os éteres, ajuntando mais e mais dos de sua classe e retornam, eles não só se surpreenderiam ante aquilo que dão à luz, mas também clamariam pedindo sua Libertação. E, se por nenhuma outra razão que para tirar da mente tais criações, eles enfrentariam com plena determinação sua própria Divindade e entrariam nela.
OS PENSAMENTOS E SENTIMENTOS SÃO COISAS VIVENTES E PULSANTES. O indivíduo que sabe disto utilizará sua sabedoria e se autocontrolará concordantemente.”
18 – PORQUE OCORREM OS CATACLISMOS
(do livro: Mistérios Desvelados pág 110)
“Ao longo dos séculos, a humanidade qualificou a Substância Universal com fragilidade e limitação, e os corpos que utiliza hoje em dia são expressões de tais características. A raça humana, em sua totalidade, experimenta tempestades de ódio, ira, vingança e muitas outras erupções dos sentidos; e os quatro elementos, que registram estas qualidades, as devolvem ao homem através do mundo da natureza como tormentas. A gente da Terra tem cataclismos de pensamento e sentimento tais como ressentimentos de uns contra outros, contra a injustiça, contra lugares e coisas; enviando consciente e inconscientemente o sentimento de vingança. O grande mar de Substância Universal, sobre o qual foram gravadas estas qualidades, as expressa de volta a sua fonte – o indivíduo – por meio dos quatro elementos, como cataclismos na Natureza.
“Tais atividades não são mais que a forma que tem a Natureza de purificar-se e desfazer-se da contaminação dos pensamentos e sentimentos humanos discordantes, e retornar a sua antiga condição de Pureza Divina.
LEI DO CÍRCULO
“Em todo momento, cada indivíduo recebe em sua mente e corpo a Vida de Deus pura e perfeita. Em cada momento, também imprime algum tipo de qualidade à Pura Substância Universal de Deus. Esta qualidade o homem cria
e gera por sua conta, e tem que recebê-la de volta em sua mente e corpo, já que todas as coisas no Universo se movem em círculo, e assim, retornam a sua fonte.
“Os Mestres Ascensionados aprenderam a Lei do Círculo – A LEI DO UNO. Daí que impomos sobre a Pura Substância Universal, unicamente a qualidade que desejamos utilizar para o trabalho especial a ser feito. Se desejarmos que uma manifestação se expresse durante certo tempo unicamente, estabelecemos o tempo, damos a ordem, e a Substância da qual esta manifestação especial é composta responde de acordo.”
19 – SUA RESPONSABILIDADE PELA VIDA
(do livro: Mistérios Desvelados pág 125)
“Em todo o universo, onde quer que a um Ser seja dado poder para criar, a responsabilidade de criar sempre coexiste com este poder. Toda criação se dá por um esforço Autoconsciente, e se o indivíduo a quem foi conferido este Grande Dom de Vida recusa a aceitar sua responsabilidade e recusa a cumprir com seu dever, suas experiências na Vida o ferroarão com dor contínua até que cumpra com sua obrigação; pois a humanidade não foi criada em uma condição de limitação, e não poderá descansar até que a Perfeição com a qual foi dotada no princípio, seja expressada na sua plenitude. A Perfeição, o Domínio, o Uso Harmonioso e Controle de toda Substância e Força é o Caminho da Vida – o Plano Divino Original para a humanidade.
“Deus dentro do indivíduo é essa Perfeição e Domínio. É essa ‘Presença’ dentro do coração de cada um o que constitui a Fonte de Vida – o Doador de toda coisa boa e perfeita. Quando o indivíduo se volta para sua Fonte e a reconhece como a Vertente de Todo o Bem, nesse momento começa, automaticamente, o fluxo de toda coisa boa para ele e seu mundo, porque sua atenção a esta Fonte é a Chave de Ouro que abre tudo o que é bom.
“A Vida em toda pessoa é Deus, e unicamente mediante o esforço Autoconsciente para entender a Vida e expressar a plenitude do bem através de si, pode cessar a discórdia na experiência externa.”
20 – ASSASSINATO VIRTUAL
(do livro: Mistérios Desvelados pág 135)
“‘Um sentimento ou desejo de que outra pessoa morra fará o mesmo, pois este sentimento sai dirigido à pessoa, e logo começa sua viagem de retorno para quem o enviou. Em muitas ocasiões há indivíduos que permitem que o ressentimento contra a injustiça se dispare até chegar ao ponto de desejar que o mundo seja liberado de alguém em particular. Esta é uma forma sutil do pensamento de morte, e tem que retornar a aquele que o enviou.
“‘São muitas as pessoas que ocasionam sua própria morte, mediante esta tão sutil atividade do eu humano, pois ninguém jamais escapa desta Lei Imutável. São muitas as fases de Sua reação, e é por causa de que a humanidade se desfruta em tais pensamentos e sentimentos que a raça, como um tudo, vem experimentando a dissolução de corpo após corpo.
LEI ÚNICA
“‘A quantidade de seres humanos que experimentam a violência física é infinitesimal ao lado das mortes produzidas por estas sutis atividades de pensamento, sentimento e palavra falada. A raça humana vem a milhares de anos matando-se a si mesma desta forma sutil, porque não quer aprender A Lei da Vida nem obedecê-la.
“Só há Uma Lei de Vida, e esta é o Amor. O indivíduo autoconsciente e pensante que não quer obedecer este Eterno e Benéfico Decreto, não pode (nem poderá) reter o corpo físico, porque tudo aquilo que não seja Amor dissolve a forma; e pouco importa que seja pensamento, palavra, sentimento ou ação – intencional ou não intencional – a Lei atua irremediavelmente. Os pensamentos, sentimentos, palavras e ações não são mais que forças atuando, e movem-se eternamente em uma órbita própria.
“Se o homem soubesse que ele nunca deixa de criar sequer por um instante, realizaria plenamente a Presença de Deus em seu interior, poderia purificar suas criações equivocadas, e assim, se liberaria de suas próprias limitações.”
21 – ANÁLISE DA DISCÓRDIA
(do livro: Mistérios Desvelados pág 140)
“Contanto que não possa fazer isto, o poder de sugestão e a radiação de dúvida das demais pessoas lhe perturbarão intermitentemente até tal grau, que muitas vezes abandonará sua busca da Verdade. A interrupção do fluxo sustentado de instrução é a discórdia. A discórdia é a cunha e a maneira sutil mediante a qual a força sinistra nesta Terra entra na atividade externa de um estudante que se determinou a encarar A Luz.
“Tal atividade é muito sutil porque é um sentimento e se aproxima furtivamente da pessoa antes que esta se dê conta de sua existência. É extremamente persistente, e cresce de maneira tão insidiosa que a pessoa não se dá conta que o tem nutrido até que o momentum já esteja estabelecido.
“Este sentimento começa como uma leve duvida. Uma dúvida só necessita ser sentida duas ou três vezes para converter-se em desconfiança. A desconfiança gira um par de vezes no corpo emocional e se converte em suspeita; e a suspeita é autodestruição.
“Recorda isto, Meu Filho, quando retornares novamente ao mundo externo, e terás uma proteção que te levará através de todas as experiências da Vida, sem ser tocado pela discórdia. Se projetares suspeita, suspeitaram de ti, já que todos neste mundo recebem exatamente AQUILO que no mundo têm colocado, e este Eterno Decreto Irrevogável existe por todo o Universo. Todos os impulsos de consciência viajam de volta ao ponto central que os enviou; nem sequer um átomo escapa disto.”
22 – ELETRÔNICA METAFÍSICA 
(do livro: Mistérios Desvelados pág 148)
“Meu Filho, a Grande Lei Cósmica não discrimina mais do que o faz a tábua de multiplicar se a gente comete um erro em sua aplicação, ou a eletricidade quando o indivíduo ignora a Lei que governa seu uso e tenta dirigir sua força sem o conhecimento da forma de controlá-la.
“Os Grandes Decretos Imutáveis, que para sempre mantém a ordem no Âmbito Infinito da Vida manifestada, estão todos apoiados no Grande Princípio Uno da Criação – O AMOR. Este é o Coração, a Fonte de Tudo, e o próprio núcleo sobre o qual a existência da forma tem lugar.
“O Amor é Harmonia, e sem o Amor como base inicial de uma forma, esta forma não poderia vir à existência. O Amor é o Poder Coesivo do Universo, e sem ele o Universo não pode existir.
“No mundo científico de vocês, o Amor se expressa a Si mesmo como a força de atração entre os elétrons. É a Inteligência Diretriz que os atrai à forma, é o Poder que os mantém orbitando ao redor de um núcleo central, e é o Alento dentro do núcleo que os atrai a ele. O mesmo se aplica a cada vórtice de energia em qualquer parte na Criação.
“Um núcleo central e os elétrons orbitando ao redor dele conformam um átomo. Este núcleo de Amor é para o átomo o que o pólo magnético é para a Terra, e o que a coluna vertebral é para o corpo humano. Sem um núcleo central ou Centro Coração, somente existiria a Luz Universal amorfa – os elétrons enchendo o Infinito e orbitando ao redor do Grande Sol Central.
“O elétron é Puro Espírito ou a ‘Luz’ de Deus. Permanece para sempre Imaculado e Perfeito. É Eternamente Auto-sustentado, Indestrutível, Autoluminoso e Inteligente. Se não o fora, não poderia obedecer a ‘A Lei’ – a Atividade Diretriz do Amor. É Luz-Energia Imortal, Sempre-Pura e Inteligente, e é a única Real e Verdadeira Substância da qual é feito tudo no Universo; a Eternamente Perfeita Essência Vital de Deus.”
23 – OBEDIÊNCIA À LEI DO AMOR
(do livro: Mistérios Desvelados pág 151)
“Quem quer que se faça obediente à Lei do Amor, gozará de uma Perfeição permanentemente mantida em sua mente e mundo. A ele e somente a ele pertencerá toda a Autoridade e Mestria. Só ele terá o direito de governar, porque primeiro aprendeu a obedecer. Quando tiver conseguido obter a obediência da estrutura atômica dentro de sua própria mente e corpo, toda a estrutura atômica fora de sua mente e corpo também lhe obedecerá.
“Assim, através do pensamento e o sentimento, a humanidade – cada indivíduo dentro de si mesmo – tem o poder de elevar-se ao mais alto ou de afundar-se até o mais fundo. Cada um determina por conta própria sua senda de experiência. Mediante o controle consciente da atenção quanto ao que permite à sua mente aceitar, o homem pode caminhar e falar com Deus face a face – ou deixar de ver Deus e tornar-se mais inferior que os animais, afundando sua consciência humana no esquecimento. Neste último caso, a Chama Divina dentro dele se retira então, de sua habitação humana. Depois de éons de tempo, ela voltará a tentar novamente uma viagem pelo mundo da matéria física, até que a vitória final seja alcançada conscientemente e por seu próprio Livre-arbítrio.”
24 – A GRATIFICAÇÃO DOS APETITES HUMANOS
(do livro: Mistérios Desvelados pág 152)
“Como Filhos de Deus, nos é ordenado escolher a quem teremos que servir, à Magna ‘Presença’ de Deus em nosso interior… ou ao ser humano externo. A gratificação dos apetites humanos externos e as exigências dos sentidos só levam a um, e somente um resultado: ruína e destruição.
“Todo Desejo Construtivo é, em realidade, o Eu Divino Interno empurrando para fora a Perfeição para uso e gozo do ser exterior. A Grande Energia de Vida flui constantemente através de nós. Se a orientarmos para realizações construtivas, nos trará alegria e felicidade. Se a orientarmos para a gratificação dos sentidos, a única coisa que pode resultar disto é a ruína, porque tal é a ação da Lei – uma Energia Vital Impessoal.
“Mantém sempre fixa, na atividade externa de tua mente, a recordação constante de que tu és Vida – Deus em Ação em ti e em teu mundo. O eu inferior reclama continuamente para si, coisas e poder, quando na verdade a mera Energia através da qual ele existe chega até ele como um empréstimo do Eu Divino. A atividade humana pessoal externa não é proprietária sequer de sua própria pele. Até os átomos de seu corpo lhe são emprestados pela “Suprema Presença de Deus”, que os retira do Grande Oceano de Substância Universal.
“Exercita-te para retornar todo o poder e autoridade à Grande e Gloriosa Chama Divina que é teu Verdadeiro Eu e a Fonte da qual sempre recebeste toda coisa boa.”
25 – A NECESSIDADE DE HARMONIZAÇÃO
(do livro: Mistérios Desvelados pág 156)
“Meu filho, não podes vislumbrar quão grande é a necessidade de que o ser externo esteja harmonizado, se é que a plenitude da Perfeição Interna e do Poder haverão que expressar-se em tua vida externa. Não se pode dar suficiente ênfase sobre a importância de manter um sentimento de Paz, Amor e Serenidade no eu inferior, pois quando se obtém isto, a “Magna Presença Interna de Deus” pode atuar irrestritamente em um instante.
“A vertida contínua de um sentimento de Paz e Amor Divino para toda pessoa e coisa de maneira incondicional, sem importar se acreditas que o mereça ou não, é a Chave Mágica que abre a porta e libera instantaneamente este tremendo Poder Divino Interno. Afortunado, na verdade, é aquele que aprendeu esta Lei, já que ele procurará então, SER todo Paz e Amor. Sem a Lei, a humanidade não tem nada de bom, e com a Lei tem todas as coisas Perfeitas. A Harmonia é a Chave Tonal, a Grande Lei Una da Vida. Sobre Ela descansam todas as Manifestações Perfeitas, e sem Ela todas as formas se desintegram e retornam ao Grande Oceano de Luz Universal.”
O livro completo pode ser baixado no link: http://www.elivros-gratis.net/elivros-gratis-esoterismo-ocultismo.asp

Fonte: http://lojas.business.org.br/ler.php?pg=6&codemp=3472
No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: