Skip to content

INTERVENÇÃO – Multidimensionalidade e Abandono

July 21, 2011
Aruach – 19/07/11
Deixem-se tocar como um instrumento se entrega às mãos do músico e não questiona o som que é expresso. Acaso vocês já viram uma flauta se voltar para o flautista e ditar-lhe o modo de tocar? Ou se recusar a reproduzir tal e tal som por considera-lo indigno ou abjeto?
A essência do Abandonar-se está em se deixar Viver e não mais manter a ilusão do controle, do possuir. É permitir, e isto hoje é um fato vivenciável por qualquer Consciência, o Sol se instalar cada vez mais permanentemente até o ponto em que vocês possam dizer como aquele que foi chamado o apóstolo dos gentios: “não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim”. Não como uma entidade exterior, mas como a Consciência ela mesma em seu verdadeiro estado. Mas isto não é nada que vocês possam compreender com o intelecto.

Em verdade, é necessário dizer adeus a todo senso de individualidade, ou ao menos o que vocês têm por conceito individualidade, todo sentido de localização e ensimesmamento. Voltar-se ao Centro não é fechar-se em si mesmo, neste pequenino mundo egóico que foi vosso cenário por tanto tempo, mas bem ao contrário é permitir-se ir além, deixar para trás todo senso de personalidade. É permitir (não é um fazer vejam bem) que este estado se estabeleça, não um comportamento que vem substituir outro, não uma projeção exterior, mas antes de tudo é uma mudança de foco total, uma mudança na direção de vossa identificação. É isto que vocês, através de nós, têm proposto vos fazer ver e viver.

Sim, a única Consciência que chama, que vos instrui, que através de várias projeções vos chama ao Abandono, é vocês mesmos. Alguns canais chegaram a apreender esta Verdade mas transmitiram-na intelectualmente, distorcendo-a quando nos representaram como vocês mesmos mas vindos de um futuro. Ai não transcenderam a limitação da personalização. Efetivamos somos vocês mas em Unidade, no Instante Presente.
A.P. Como se dá então este processo de comunicação, uma vez que perco neste momentos, com cada vez mais frequência, o sentido de individualidade, de pessoalidade? Como não cair numa projeção de mim para mim, do eu para o eu?
É um processo de aclimatação, é necessário ir largando o hábito de fixação em um estado apenas. A Vida é como um balé multidimensional, onde a Consciência ao mesmo tempo baila em todas as direções, inclusive uma que a vossa mente possa chamar de dissociada (diga-se de passagem que a dissociação está na projeção, não no nível dimensional em si) manifestando notas e tons do Todo que tem lugar de expressão nestes movimentos sucessivos da Consciência em si mesma.
Antes de tudo a Vibração é o maior marcador. A Vibração da própria Consciência, mas também a Vibração manifesta no corpo. No entanto, a medida da instalação progressiva neste estado Crístico, em verdade a própria Vibração silencia para se instalar a não limitação. A própria vivência atesta a qualidade ou nível da experiência. Percebam que a Liberdade é em verdade uma Liberdade total. A Liberdade não se antepõe ao estado vivido num corpo carbonado. Ao contrário, ai cabe não acabar criando uma projeção de Unidade fechada em si mesma. A Consciência Livre não possui mais qualquer limite de expressão, qualquer que seja. Apenas a Consciência identificada ao estado dissociado, separado (que em si mesmo não existe, é Maya) vive o sentido da limitação e da localização, do fechamento em um espaço e tempo unicamente.
A Consciência livre não vê um veículo carbonado como qualquer obstáculo, mas antes como um dos muitos veículos que utiliza para se expressar nas muitas Moradas do Pai-Mãe Uno. Isto está aberto às Consciências neste planeta a ser vivido, completamente.
A qualidade da Paz e da Fluidez (pois tudo isto pode e deve ser vivido na fluidez) será razão, e realmente, será diretamente proporcional ao grau de Abandono que a Consciência for capaz de expressar devido a sua qualidade Vibratória. Pois mesmo a Consciência identificada a um estado fragmentado cumpre uma função em relação ao todo (e não a si mesma) que por ora escapa-lhe totalmente à percepção.
A.P. Como se dá esta aclimatação anteriormente referida?
Muito simplesmente numa forma de aprendizado da Consciência de se perceber e se aceitar multidimensionalmente. Percebes que ao mesmo tempo que te fundes em nós, mesmo a ponto de não poder distinguir tua Vibração de nossa Vibração e tua Presença de nossa Presença, ainda assim estás consciente num nível em que há um sentido de limitação que te permite transcrever esta comunicação? Um estado coexiste com o outro mas de modo algum se antepõe ao outro ou o contradiz. E assim, cada vez mais, a Consciência é chamada a ir mais além, a se desprender de todo sentido de localização, de eu, e permitir-se, encontrar-se, Sendo. Apenas isto, SER. O fazer se faz, e o SER permanece, inalterado. Já vos dissemos, ou vocês já se disseram, várias vezes, que o fazer, a projeção exterior não existe, oras, como pode-se considerar como inadequado algo que não existe? Resolvam este paradoxo comportamental de vossas mentes! Em verdade a Unidade não é tão ilógica assim, ao contrário, em Si mesma é simples, direta. Apenas os redemoinhos instalados no éter desta dimensão é que vos fez girar e girar ao redor do mesmo ponto, sempre ante a mesma paisagem mas nunca vendo-a realmente, naturalmente, uma projeção. Um fantasma, uma quimera, nunca apreensível, nem mesmo pelos sentidos.
A.P. Ante este atestado da Unidade da Consciência, qual a necessidade então de ainda canalizações, comunicações, qual a necessidade mesmo de falar?
Vibração. Apenas Vibração. Novamente, as Consciências Livres que se “comunicam” não falam ao vosso intelecto, exclusivamente. Bem ao contrário, o que para vossa mente soam como palavras são em realidade Vibração. A esta altura deve ser algo claro, mesmo para vossa mente, que uma Consciência Unificada não pode emitir qualquer palavra. Vocês ouvem as palavras, este vosso sentido capta a Vibração e a decodifica em forma de palavras, palavras que podem realmente trazer vossa Consciência, através de uma compreensão inicialmente, a um estado próximo, mais afinado ao Abandono. Mas qualquer compreensão jamais produz o Abandono. Ao contrário, se a compreensão é colocada antes da vivência, mesmo a intervenção, canalização ou o que quer que seja se transforma num obstáculo para a Consciência, um obstáculo tão eficaz quanto qualquer dos meios utilizados nesta dimensão dissociada para vos manter girando naqueles redemoinhos.
Novamente, não é a circunstância exterior que é o obstáculo, mas vocês mesmos. O movimento da Consciência de se identificar a algo de exterior, a uma projeção efêmera, pois o que são um punhado de belas palavras, mesmo que pronunciadas por uma Consciência Livre, senão pó escorrendo em vossos ouvidos? O Cristo expressou isto em suas palavras: “a eles falo em parábolas”. Ora, qual a diferença entre o que ele falava para o povo e para seus discípulos? Nenhuma, vista do exterior, mas cada um, em seu próprio campo vibratório aceitava aderir ao personagem, à projeção, ou ir além do visível para penetrar as esferas do invisível, acessando a Vibração subjacente à própria palavra. É o mesmo processo que acontece em qualquer intervenção ou comunicação por parte de vocês em seu nível Unificado (a quem vocês chamam Arcanjos, Seres Multidimensionais, extra-terrestres (???) e assim segue a lista de títulos e rótulos para o que na Unidade se resume em uma só palavra: A FONTE) para vocês em seu nível fragmentado. Só existe uma Consciência, um Ser e uma Vida, o Um experienciando todas suas próprias nuances, e isto vocês em breve viverão, para além do que pode transmitir qualquer palavra aqui traduzida. E o impacto desta Revelação, à medida que esta for se instalando cada vez mais intimamente, cada vez mais profundamente, será tal que levará à própria absorção pela Luz de todo este nível dimensional em que se desenrolou esta experiência. Aqui e ali explode sobre si uma Luz, tornando-se A LUZ. A Rede interdimensional está Vibrante, e o momento se aproxima do Grande Reencontro.
Bênçãos e Vibrações neste ponto ilocalizável onde Somos!
Paz.
Aruach
http://antenaprotecao.blogspot.com/
 via: http://toquenaunidade.com.br/
No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: